terça-feira, 30 de agosto de 2022

PROVÉRBIO

Quem dá o que lhe dão, merece um bordão na cabeça do pidão.

Nenhum comentário:

PROVÉRBIO

Quem faz o que pode, não fica a dever.