domingo, 11 de julho de 2021

ENTRETENDO - EDIÇÃO DE DOMINGO

QUEM SE LEMBRA DE SEVERINA CARLOS? 

Vejam aí no endereço eletrônico seguinte. Ela lia um jornal. Foi em abril de 2004, a um ano de sua morte. www.imagensdeupanema.blogspot.com/2021/07/severina-carlos-lendo-jornal.html

Conto popular

Era um casal de velhos, tão teimoso o marido como a mulher. Maior do que a teima era a preguiça. um dia, a velha pôs o almoço na mesa e foi logo avisando: - Hoje eu não lavo os pratos. - Lava. - Não lavo. - Lava. Ficaram discutindo e o velho, para acabar a discussão, disse: - Quem falar primeiro vai lavar os pratos!
- Está feito, respondeu a mulher.
Nesse momento, bateu palmas um pobre, pedindo esmola. Bateu, bateu e nada de resposta. Foi entrando e viu o casal na mesa, calado um diante do outro. Pediu a esmola e ninguém abriu a boca.  para responder. O pobre, muito admirado, depois de repetir o pedido, estirou a mão e tirou comida de um prato sem que ninguém reclamasse. Atreveu-se a chegar para perto e comeu de tudo, bem devagar. Quando acabou, vendo o silêncio, guardou o que pôde na sacola, abrindo as gavetas e tirando as coisas. Foi às orelhas da velha e tirou os brincos. Foi ao pescoço do velho e desamarrou um lenço de seda. Tudo calado. O pobre, cada vez mais satisfeito, encheu bem a sacola e foi saindo, muito contente, quando a velha, não podendo mais aguentar a ousadia do tratante, gritou: - Pega esse ladrão sem vergonha! - Vá lavar os pratos, berrou o marido - Vá lavar os pratos!...

Origens dos nomes das cidades (Com humor)

Apodi - Havia uma pedra muito grande no lugar - que ainda não tinha nome. Muita gente tentava levantá-la, mas não conseguia por causa do peso enorme. Um belo dia, um homem forte passou por ali e tentou levantá-la. E não é que conseguiu erguê-la? E quando conseguiu, exclamou!
- Ah! Podi!
Paraú - Um dos jumentos do lugar tinha o nome de U. Seu dono cavalgava o animal pelas ruas da cidade. Ao chegar próximo de um buraco, assim se expressou, quase gritando:
- Para U! Para U!
Upanema - Nema era o nome de uma moça do lugar. Seu pai, depois de percorrer um longo caminho, resolveu colocar a filhinha no tuntum. E ao pô-la, exclamou:
- Upa, Nema!

Na verdade, as origens dos respectivos nomes não são estes. Há etimologias e mais etimologias interessantes e até questionáveis. Em outra oportunidade, exporemos o que temos na literatura das origens das palavras.

BRASIL - O Brasil é um país de poucos leitores? É o que ouvi há poucos minutos num desses vídeos no qual um intelectual diz isso com a maior tranquilidade. Será mesmo? De que tipo de leitura estão falando?

HUMOR - Narrador esportivo detalhista, é o Júlio Oliveira, da Libertadora. Narrando Baraúnas e Potiguar, batia:
- Recebeu o meio-campista Ananias, passou pelo primeiro, aplica lençol no segundo, piscou o olho esquerdo e perdeu a bola. (Do livro "Mancha 7", de Caby da Costa Lima)




Nenhum comentário:

QUE PALAVRA!

Cabide Móvel com pequenos braços, ou móvel, ou objeto apropriado, onde se penduram roupas, chapéus, toalhas, etc. (Aurélio) Silveira Bueno a...