terça-feira, 27 de julho de 2021

TO GO OR NOT TO GO, EIS A QUESTÃO

O alunado, diante da possibilidade de ir para a escola no formato presencial, muitos ainda questionam se vão ou não aderir à abertura dos portões, através do decreto estadual.

Muitas pessoas questionam se há de fato a obrigatoriedade ou eles têm a opção de não ir. Surgem indagações como estas: se alegarem estarem com medo de adoecer é válida como recusa? Se arranjou uma ocupação, e portanto, não pode ir naquele horário, poderá ficar no formato remoto?

São pontos de interrogações que rodeiam as mentes não só de alunos, mas de professores e administradores de escola.

Nenhum comentário:

TERREMOTO

Ainda muito longe do ocorrido, os futurologistas, terremotólogos do povo, previam que poderia haver mesmo aquele reboliço na cidade.  "...