quarta-feira, 23 de setembro de 2020

DICIONÁRIO DA POLÍTICA

Apostas: O eleitor, por conta própria, ou a mando de um cabo eleitoral ou até de um candidato, "casa" dinheiro, moto, bicicleta, animal, trasporte ou qualquer outro bem na presença de uma pessoa. Se for dinheiro, alguém fica com os valores até o dia da eleição. Se for outra coisa, firma um compromisso até saber o nome do vencedor. Há apostadores que dizem até a maioria: "fulano ganha de sicrano com oitocentos votos". Se o fulano ganhar com a maioria de setecentos e noventa e nove, o cara perdeu. O jogo das apostas é duro, pois joga-se no escuro e com um universos de muitos jogadores. Há apostas desse tipo: "fulano ganha em todas as urnas". É dose acertar-se uma coisa dessa. Mas já ocorreu isso por aqui.

Nenhum comentário:

PROVÉRBIO

Errados começos, dificultosos fins!