sábado, 20 de novembro de 2010

JUMENTOS NÃO ENTENDEM DAS COISAS

Acredito que vocês já conhecem aquela história do motorista que impedido de passar na estrada por que um jumento atravessou e não quis sair, apontou para o animal e disse:

- Uma pessoa dessa!

É. Não teve jeito. Contei a história de novo.

Agora vou apenas comentar sobre a natureza dos animais. Eles são bem menos compreensíveis do que muitas pessoas. Eles não entendem das coisas como nós, os ditos racionais. Eles não entendem de consequências.

Claro, dirá você. Quem sabe até o anônimo estúpido que sempre me escreve desaforos, covardemente, não se identifica, esteja me esculhambando. Mas é verdade. Muita gente ainda quer disputar a inteligência com os animais. Isso acontece na prática quando as pessoas não ligam de sair por aí em disparada, sem atentar para a vida de si e dos outros.

Num dia desses ele encontra pela estrada um jumentão. Este não entende de consequências, repito. Por isso é que fica de pescoço duro, esperando a pancada chegar.

Além de não entenderem de consequências, também não entendem de tempo ruim.

Um comentário:

Sarah disse...

Essa história do jumento vai ficar para sempre na minha memória, igual a do bom dia quase boa tarde. hahahahaha

PROVÉRBIO

O que dá fama, dá desdém.