domingo, 27 de fevereiro de 2011

ANÁLISE DE LETRA DE MÚSICA - CASINHA BRANCA

"Eu queria ter na vida simplesmente
Um lugar de mato verde
Pra plantar e pra colher
Ter uma casinha branca de varanda
Um quintal e uma janela
Para ver o sol nascer."

O trecho acima é o refrão de "Casinha branca", interpretada por Gilson nos anos 80.

Ela fala sobre uma vida simples, modesta e longe da violência, poluição e barulheira dos grandes centros. É a vida rural pregada pela escola arcádica.

Uma casinha branca, com varanda, quintal e janela, sol.

O texto é atual. Muita gente viu pouco o sol nascer e se pôr. O desejo do eu-lírico não é só dele. Muita gente também quer essa vidinha. Mas aposto que não a queira exclusivamente e para sempre,  porque a tecnologia não deixa.

Nenhum comentário:

PROVÉRBIO

Cipó não trepa em pau morto.